Horário

Seg. | Ter. | Qui. | Sex.:
09h30 - 19h00
Quarta (cirurgias):
10h00 - 13h00

Contacte-nos

Implantologia

  • imp 1.jpg
  • imp 3.jpg
  • Implante 7.jpg
  • Implantes - Protese Fixa 072.jpg
  • Implantes - Protese Fixa 082.jpg
  • Implantes 3.jpg
  • novas e antigas com e sem implantes 136.jpg
  • Rx de implante+coroa aparafusada.jpg


Um implante dentário é um dispositivo (parafuso) em titânio bem tolerado pelo organismo (bio-compatível), que exerce a função de raiz do dente perdido. É inserido no osso mandibular ou maxilar e após um processo de cicatrização de oito a doze semanas (consoante o caso clínico), ganha estabilidade e firme ancoragem.

Passado o tempo de cicatrização (formação de novo osso à volta do implante – osteogénese - osteointegração) é colocado sobre o implante o elemento de prótese (coroa, ponte ou prótese híbrida), que vai permitir ao paciente mastigar e sorrir de forma mais natural.

Os implantes podem ser utilizados para:
•    Substituir um dente individual
•    Substituir vários dentes com recurso a ponte fixa aparafusada ou cimentada
•    Substituir todos os dentes com uma ou várias pontes fixas implanto-suportadas
•    Substituir todos os dentes com prótese híbridas totais (dentaduras) estabilizando estas e fixando-as aparafusadas ou afixadas aos implantes por outros métodos, permitindo uma função mastigatória mais cómoda e funcional.

Vantagens dos implantes:

•    São a solução mais próxima do natural
•    Permitem mais estabilidade das estruturas protéticas
•    Evitam a redução dos dentes vizinhos, habitualmente executada na preparação dos cotos para pontes fixas
•    Diminuem a perda fisiológica de tecido ósseo normalmente resultante de espaços inter-dentários vazios e de extracções dentárias.

Colocação do implante:

É feita sob anestesia local e consequentemente é uma cirurgia indolor e atraumática.

No pós-operatório, a dor é controlada e evitada com recurso a medicação adequada e aconselhada pelo médico dentista.